História no Enem

A prova de história avalia a consciência dos estudantes diante dos direitos sociais e da cidadania no Brasil. Para realizar uma boa prova o aluno não precisa decorar. Basta saber o impacto das ações de cada presidente e os processos econômicos e sociais da época. 
Confira abaixo o que mais cai na prova de história do Enem:
Brasil República
O período que vai de 1889 a 1930 é conhecido como a República Velha. Este momento da história brasileira foi marcado por governos militares que comandaram o país de forma centralizadora, enfrentando a oposição de setores monarquistas, da sociedade civil e das oligarquias regionais. 
Era Vargas
A Revolução de 1930 põe fim na Republica Velha e leva Getúlio Vargas ao poder de forma provisória. É o início da Era Vargas. Seus quinze anos de governo seguintes caracterizaram-se pelo nacionalismo e populismo. Sob seu governo foi promulgada a Constituição de 1934. 
Brasil Colônia e Segunda Guerra Mundial
O período colonial brasileiro é considerado o momento de maior crueldade histórica. Por quase quatro séculos, milhões de indígenas e negros foram sequestrados, vendidos, castigados e obrigados a trabalhar de graça para fazer girar a economia. 
A Segunda Guerra Mundial é considerada o maior conflito da história, os combates entre os cinco continentes deixaram 50 milhões de mortos. Este período pode ser denominado como o mundo por debaixo de bombas. 
Idade Média, Escravidão e Militarismo no Brasil
A Idade Média teve início na Europa com as invasões bárbaras, no século V, sobre o Império Romano do Ocidente. Essa época caracteriza-se pela economia ruralizada, enfraquecimento comercial, supremacia da Igreja Católica, sistema de produção feudal e sociedade hierarquizada. 
A escravidão é bem mais antiga do que o tráfico negreiro. Ela existe desde os primórdios de nossa história, quando os povos vencidos em batalhas eram escravizados por seus conquistadores. Muitas civilizações usaram e dependeram do trabalho escravo para a execução de tarefas mais pesadas e rudimentares. 
Os chamados “Anos de chumbo” tiveram início em 1964, com o Golpe Militar. Durante esse período o Brasil passou mais de 20 anos sob os desmandos de uma ditadura caracterizada pela violação dos direitos políticos e civis. 
Revolução Industrial, Guerra Fria e Liberalismo
A Revolução Industrial teve início no século XVIII, na Inglaterra, com a mecanização dos sistemas de produção. Com as fábricas, a burguesia tomou de vez o poder econômico e mudou para sempre o modo como o mundo trabalha e se organiza socialmente. 
A Guerra Fria marca um dos períodos mais tensos da história. Por décadas o mundo viveu sob o poder de duas superpotências rivais e o medo de um terrível conflito atômico. 
Liberalismo pode ser definido como um conjunto de princípios e teorias políticas, que apresenta como ponto principal a defesa da liberdade política e econômica. Neste sentido, os liberais são contrários ao forte controle do Estado na economia e na vida das pessoas.

Fonte: Universia Brasil

4 mensagens

  1. Esse conteudo ajuda miuta gente no ennem, pois lembra assuntos da nossa historia em geral.

  2. Esse conteúdo apesar ser bom está de forma bastante resumida acho que deveria ser mais abrangente,Mesmo assim parabéns ao autor.

  3. aladje djibore /

    esse resumo de historia da revuluçao indústrial,guerra fria e liberalismo,merece atençao especial por parte nosso“candidato de enem“parabéns!!!!

Deixe uma mensagem



* Campo obrigatório