Como estudar para o Enem

Resolver provas antigas e ler jornais e revistas são as principais dicas para quem vai fazer o maior vestibular do país

No próximo mês, mais de seis milhões de pessoas farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Desde que passou a selecionar novos estudantes para universidades e institutos de ensino superior em todo o país, a prova, que neste ano acontece entre 22 e 23 de outubro, tornou-se o maior vestibular do Brasil.

Mas, faltando pouco tempo para o Enem, será que ainda é possível estudar para garantir um bom desempenho no dia da prova? O que é melhor, manter o foco na teoria, ou tentar aplicar tudo o que já sabe em exercícios?

A grande dica é tentar conhecer ao máximo a prova. É importante ver como são as questões do Enem e como são abordados os temas de cada matéria. Melhor do que ver a teoria, agora é hora de aplicar o conhecimento na prática.

Outra dica é tentar ler e escrever o máximo que puder. Todo candidato deve se preocupar com a interpretação de texto. Um bom treino é fazer fichamentos das matérias. Além de fixar o conhecimento, o estudante acaba treinando a interpretar aquilo que sabe.

A leitura de jornais e revistas é indispensável para o estudante que fará o Enem. As redações do Enem sempre cobram temas sociais, por isso é importante estar atento com os assuntos que estão sendo muito falados na imprensa.

Além de ajudar na prova de redação, ficar atento às notícias é fundamental para a resolução das tão cobradas questões de atualidades, que caem com frequencia no Enem. O exame cobra muito que o candidato seja minimamente informado, por isso faz tantas questões de atualidades.

FONTE: Guia do Estudante

Deixe uma mensagem



* Campo obrigatório